Siga

O fantástico brasileiro é coisa séria

Fantasismo. O termo foi cunhado pelos pesquisadores Bruno Anselmi Matangrano e Enéias Tavares para propor um movimento literário contemporâneo, marcado por elementos da tradição literária fantástica adaptados à realidade do mercado editorial brasileiro no século XXI. Nesse cenário, acontece a primeira Festa Literária de Santa Maria (FLISM), organizada pelos professores e pesquisadores Gérson Werlang, Enéias Tavares e Raquel Trentin. Vinculados ao curso de Letras da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Gerson, Enéias e Raquel foram os responsáveis por uma festa que durou três dias - de 12 a 14 de setembro de 2018 - e recebeu autores de Santa Maria e do Brasil para discutir a literatura

Devaneios engajados de Bruna Rison

Ao passear por Santa Maria, você pode ser surpreendido pelos adesivos de uma personagem que, para alguns, parece saída de um baralho de Tarô e, para outros, do filme Metrópolis. É a Maria de Luta, criação da arquiteta Bruna Rison, que foi premiada com o segundo lugar no Concurso de Ilustração da Lei Maria da Penha. Essa figura de traços arquitetônicos e sensíveis deve ser impressa em materiais de divulgação do Banco Mundial, uma das instituições promotoras do concurso. A equipe do Boca Jornalismo entrevistou a artista gráfica em seu home office, numa tarde chuvosa de agosto. “Maria de Luta” - reprodução do Instagram @devaneiodenanquim O ato de desenhar está presente desde muito cedo na vida

Acordo para quem? Mobilização reúne moradores da Ocupação Vila Resistência

Cerca de 60 pessoas se postaram em frente ao Fórum da Comarca de Santa Maria na última segunda-feira à tarde. Elas estampavam no peito a materialização de uma realidade que até quem não sabe ler é capaz de identificar se for até a Rua Engenheiro Adi Forgiarini, no Parque Pinheiro Machado: “Vila Resistência Vive”. Foto: Bruna Bergamo//BOCA Jornalismo A estampa, como quase tudo que há hoje na Resistência, foi feita pelos próprios moradores. Também eles puseram em pé as casas, traçaram as ruas, demarcaram um campo de futebol e organizaram-se em reuniões, assembleias e protestos como este, na segunda-feira. Neste dia, boa parte deles deixou por algumas horas a Ocupação, que fica na zona oeste da

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Procurar por tags
Arquivo