2018 por BOCA Jornalismo.

31/01/2018

Eu tô um pouco atrasado no assunto. Essa discussão estava em alta no ano passado, mas todo mundo deixou de falar. Em todo caso, vamos lá.

Têm tempos que as pessoas comentam que “poxa, toda resenha que eu vejo por aí é positiva, todo mundo adora tudo, como pode isso?”. Calma lá que não é bem assim.

Primeiro que existem resenhas negativas, sim. São em menor número, mas existem. E as razões para serem em menor número são várias. Pr...

02/01/2018

Todo ano eu penso em fazer uma lista de discos do ano e nunca faço. Resolvi fazer isso justamente no ano em que eu menos ouvi coisas novas, mas vida que segue.

Essa não é uma lista de melhores discos, é só uma lista de álbuns que ouvi em 2017 e que acho que as pessoas deveriam ouvir também. Devo ter deixado passar muita coisa boa por aí, não tenho dúvidas. Mas também não tenho intenção nenhuma de fazer uma lista super completa....

01/11/2017

Por João Moura*

Foto: Liana Coll//Revista O Viés

Faleceu ontem, aos 78 anos, o cantor e compositor uruguaio Daniel Viglietti, um dos maiores ícones da chamada "música de protesto" latino-americana.

Sua imagem mais famosa mostra ele cantando, com expressão fechada, sua "A desalambrar" numa apresentação na Nicarágua dos anos oitenta. Questiona os presentes com a letra e o olhar, na canção que defende a reforma agrária, à "desalambr...

26/09/2017

A resposta é não. Óbvio que não, se não o nome do texto não teria uma interrogação no final. A ideia é falar, na verdade, sobre a quantidade de gêneros musicais e a confusão que eles geram. Eu devo ter passado umas duas semanas achando que chillwave era mais ou menos a mesma coisa que dreampop. Eu ainda não sei o que é chillwave, pra falar a verdade.

Pode ser que eu que seja meio tapado mesmo - sendo sincero-  mas os nomes não...

14/08/2017

O Luis Calil, mais conhecido pela Cambriana e o Ara Macao, escreveu um texto no ano passado com o nome de “Xingue sua cena local”. O título é inflamado pra chamar atenção mesmo. Sensacionalista, se quiser entender assim. Em resumo, ele diz que o velho discurso de “apoie a sua cena local” é uma bobagem. As pessoas tem que apoiar porque gostam. O Rodrigo Lariú, da midsummer madness records, também falou de maneira bastante enfát...

10/07/2017

Tempos atrás rolou no grupo da Sinewave no Facebook - um dos maiores grupos de discussão de música alternativa do Brasil (a qualidade da discussão em si é frequentemente questionável, mas isso é outro assunto) - um questionamento sobre por que as pessoas, no geral, relutam a ir em shows. Mais especificamente, por que é tão difícil chamar público para uma banda menos conhecida.

A discussão toda foi resumida no primeiro comentári...

Please reload