2018 por BOCA Jornalismo.

BOCA Jornalismo convida: a comunicação alternativa em Santa Maria

17/8/2018

Mesa composta por Kauane Müller, Neli Mombelli, Edson Kah e Nathália Drey Costa. Foto: Bruna Bergamo//BOCA Jornalismo 

 

O evento "BOCA Jornalismo convida: a comunicação alternativa em Santa Maria" aconteceu nesta terça-feira (14), no prédio da Antiga Reitoria da Universidade Federal de Santa Maria. A conversa contou com a presença da jornalista Kauane Muller, representando o Boca Jornalismo, da professora de jornalismo da Universidade Franciscana (UFN) Neli Mombelli, pela TV OVO, da jornalista Nathália Costa, que integrou a equipe da Revista O Viés, e do comunicador Edson Kah pela Rádio Armazém.

 

O bate-papo começou com a breve apresentação sobre a história do Boca Jornalismo feita pelo do jornalista Mateus Albuquerque, um dos membros fundadores do projeto. Após, cada um dos convidados apresentaram seus projetos apontando algumas perspectivas para o futuro. A representante do Boca Jornalismo, caçula em termos de tempo de atividade, falou sobre seu prazer em construir o projeto coletivamente, como também deixou claro a intenção de mostrar Santa Maria por outro ângulo. Já a professora Neli, representando a TV Ovo, resgatou um pouco da história ao recordar que que os primeiros produtos audiovisuais eram reportagens, e que hoje eles passaram a trabalhar mais com o formato de documentário. Para Edson, representante da Rádio Armazém, a proposta é dar destaque para o ao vivo - hoje os programas da Rádio Armazém respeitam essa premissa. E Nathália, representante de O Viés, contou sobre a proposta deles em fazer um jornalismo engajado, como também refletiu que mesmo eles não estando mais ativos, fica feliz com as sementes que plantaram.

 

Com o fim das apresentações, foi aberto para uma séries de rodadas de perguntas e respostas junto às mais de 50 pessoas presentes. Entre as discussões levantadas, se falou sobre quais seriam os modelos de negócio possíveis para dar sustentabilidade para os projetos de comunicação alternativa na cidade. A ideia não é “ficar rico” como bem colocou uma das convidadas, mas sim que as pessoas envolvidas com os projetos alternativos consigam se sustentar com ele.

 

O “BOCA jornalismo convida: a comunicação alternativa em Santa Maria” buscou criar condições para que as iniciativas de comunicação alternativa se reunissem para dialogar e trocar idéias sobre perspectivas para o futuro. Essa conexão, que já existia antes mesmo do evento, só se intensificou, pois é consenso que é através do diálogo que será possível novas ações de aproximação e de aprendizado sobre quais rumos tomar.

 

 

 

 

Please reload